Monique Evelle no Uhull Connect

Era uma vez, uma princesa negra no nordeste de Amaralina...

Uma princesa negra, de cabelos crespos livres e que sempre vencia no final – o que não necessariamente significava casar-se com o príncipe. Essa era a personagem principal das histórias que Monique Evelle ouvia da mãe quando criança. A mãe transformava as histórias tradicionais das princesas para confortar a filha, que chegava aborrecida em casa. “Eu sempre tive muito apelido na rua e na escola pelo meu cabelo crespo. Minha mãe usava as princesas para me dar poder, para reagir ao preconceito que sofria na rua por causa do meu cabelo” diz a jovem de 21 anos fundadora da rede Desabafo Social, que trabalha com educação e formação social, em especial de jovens negros, pelo Brasil.

Movimentos sociais, seminários, congressos, oficinas, formações, workshops, educação popular, empreendedorismo, tecnologia, conversas no ônibus, na esquina, viagens e a formação no Bacharelado Interdisciplinar em Humanidades com ênfase em Política e Gestão da Cultura pela Universidade Federal da Bahia, complementam a bagagem de Monique, tornando possível colaborar e compartilhar conhecimentos com você.

Monique fez parte do Grupo de Pesquisa da 3ª Bienal da Bahia, produziu o Festival Southbank Centre no Pelourinho, fez consultoria em comunicação para a Iniciativa Negra por uma Nova Política de Drogas, foi mediadora do Curso de Capacitação para operadores do Sistema de Garantia de Direitos e Adolescentes: Subsídios para a elaboração de uma Política Nacional de Atenção à Criança e Adolescente em Situação de Rua e muito mais!

Ficou entre as 25 mulheres negras mais influentes da internet no Brasil , pelo site Blogueiras Negras, saiu na lista das 30 mulheres com menos de 30 para ficar de olho em 2015, feita pela Revista Cláudia e Portal MdeMulher, da Editora Abril, ficou entre as 10 mulheres negras que fazem a diferença na Bahia, ganhou o Prêmio Laureate Brasil 2015 se tornando Fellow da YouthActionNet e está na lista das Mulheres Inspiradoras 2015, da Think Olga. Monique é a única mulher negra com artigo publicado no livro argentino Qué democracia para el siglo XXI? e foi matéria de Capa da Revista Época, em novembro de 2015.

Em julho de 2016 participou do TEDxRioVermelho e TEDxSão Paulo. É considerada influenciadora digital e a nova voz do feminismo negro pelo Estadão e Free The Essence

 

COISINHAS BEM IMPORTANTES

  • 2011 - Fundação do Desabafo Social o/
  • 2013 - História contada no Imagina na Copa <3
  • 2014 - O Deabafo Social ganha o prêmio da ABMP
  • 2015 - O Desabafo Social ganha o Prêmio Laureate Brasil.
  • 2015 - Capa da Revista Época
  • 2016 - Fundação da Kumasi
  • 2016 - Palestrou no TEDxRioVermelho e TEDxSãoPaulo
  • 2017 - Fundação da Evelle Consultoria
  • 2017 - Repórter do Profissão Repórter
  • Vem mais por aí...

 

Desabafo Social

Organização sem fins lucrativos sobre Direitos Humanos, com recorte racial e de gênero, com jovens e crianças.

ACESSAR

Kumasi

Uma loja virtual que reúne e apoia várias marcas de empreendedores negros em um único lugar.

ACESSAR

Evelle Consultoria

A Evelle Consultoria é uma empresa focada em promover diversidadee igualdade nas empresas, instituições de ensino e governos, propagando os Direitos Humanos e prezando pelas habilidades do futuro.